O que posso desejar a vocês, meus filhos?

Posted on

Meus filhos, eu como mãe, lhes daria o mundo, mas, ao mesmo tempo tenho que reconhecer que ter tudo não é garantia de felicidade, então, só lhes desejo o necessário.

Desejo a vocês a saúde necessária para que possam ter uma vida plena e equilibrada, sem os infortúnios de doenças. Vocês não precisam ter corpos atléticos e sofrer tentando seguir os padrões de beleza dos outros. Que vocês aprendam que saúde é mais importante que beleza e que a beleza externa é advinda dos olhos de quem vê, por isso, aprendam a embelezar suas visões sobre si mesmos.

Desejo a vocês não uma legião de amigos, mas somente os amigos necessários, aqueles que os acompanharão pela vida e com os quais vocês poderão contar nas horas difíceis. Aqueles amigos que falarão verdades, mesmo que te doam, aqueles amigos com os quais você poderá rir e chorar sem julgamento e com os quais terão histórias para contar para seus filhos.

Desejo a vocês que não tenham o trabalho que lhes traga só dinheiro, mas sim aquele que lhes traga satisfação pessoal, no qual você sinta alegria em executar e que tenha um propósito no mundo.

Desejo a vocês não um caminho pleno de conquistas desenfreadas e a qualquer preço. Desejo que tenham as conquistas necessárias para entenderem que a vida não é fácil, que batalhar pelo que se quer não é fácil, que vez ou outra vamos perder as batalhas, mas que são essas perdas que jos fortalecem para seguir os nossos caminhos. E que as conquistas são muito mais importantes quando há esforço e dedicação de nossa parte. Tudo o que vem fácil, vai fácil, porque o importante não é o prêmio nunca está no final, mas sim no percurso.

Desejo a vocês que viagem para conhecer o mundo, mas só o necessário, para que tenham respeito e empatia por outras culturas e pelas diferenças, mas que saibam que voltar para casa, seu porto seguro , é o melhor dos mundos.

Desejo a vocês que tenham a educação necessária. Não aquela para serem os melhores da turma com cobranças exageradas sobre si mesmos ou aquela que os tornará arrogantes achando que tudo sabem. Desejo a vocês a educação necessária que os promova o crescimento e que os ajude a entender que somos eternos aprendizes.

Desejo a vocês que tenham a paz necessária, não a paz plena o tempo todo, porque até mesmo para se atingir o Nirvana é necessário conhecer ter o desassossego do mundo e da alma para saber o quão importante é livrar-se deles na busca da própria paz.

Desejo a vocês que encontrem o amor (em qualquer forma) necessário para alegrar suas vidas, trazer novas experiências, tornar mais leve e divertido suas estadias nesse mundo, mas, principalmente, desejo que saibam que o principal amor é o amor próprio.

Não desejo a vocês a felicidade plena, pois ninguém é feliz todos os dias e a tristeza faz parte da vida. Desejo a vocês alguma tristeza, mas somente a necessária, para que se lembrem que a felicidade está no caminho, nas pequenas coisas, e não na chegada.

Amo vocês, meus filhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *